Domingo, 22 de Maio de 2022
27 99902-4179
Política Bastidores

Na estrada

Com Hudinho Martins

04/05/2022 09h01 Atualizada há 3 semanas
Por: Hudinho Martins Fonte: Diversas
Na estrada

O pré-candidato ao governo do ES deputado Erick Musso (Republicanos) tem gastado sola de sapato para rodar o Estado. Mesmo com toda correria que o cargo de presidente da Assembleia lhe impõe, Musso tem feito diversas agendas para reunir lideranças e discutir a problemática situação em que se encontra o ES. Hoje a noite o encontro será em João Neiva e as lideranças da região devem comparecer para dialogar com Erick. O encontro será no Portal do Rubinho as 19 horas.

 

Ah as pesquisas e o modos operandis

Com claro objetivo de confundir o eleitorado após as manifestações aqui no ES do último domingo, um grande jornal divulgou uma pesquisa colocando o atual governador com ampla vantagem sobre os demais nomes (Igualzinho fazem para presidente). O recorte vem bem logo após Casagrande se reunir com Lula e o PT na última semana, isso pegou muito mal por aqui, até o Hino Socialista o governador cantou e gesticulou empolgado na mesa ao lado de Lula. As redes sociais não deixam escapar nada.

 

Jogo aberto

O PP virou mesmo um problema para Casagrande (PSB), o partido se inflou de grandes nomes da política capixaba e acreditou que teria espaço na chapa do governo para acomodar nomes, e assim aliviar a disputa para federal. Mas ao que parece, isso está ficando cada vez pior, tanto que já se fala em plano B, neste caso a ala bolsonarista do partido Evair de Melo, Da Vitória, Neucimar Fraga, todos deputados federais com mandato namoram o Republicanos de Erick Musso discretamente. Se Casagrande não der a vaga ao Senado para o PP, já que a vice provavelmente será mesmo do PT, então mesmo a contra gosto de alguns, o PP vai pular para o outro palanque tamanha é a insatisfação por lá. E ainda assim, caso o governador queira, aí o problema passa a ser o Podemos de Gilson Daniel e Coronel Ramalho que desfila como candidato ao Senado pelo governo... Xiiiiii!

 

Mas que mágica é essa?

O candidato preferido da mídia brasileira e dos institutos de pesquisas conseguiu tirar ainda mais a credibilidade destes “porta-vozes”. É impressionante que alguém que lidere as pesquisas com tamanha vantagem não consiga reunir apoiadores para seus eventos. Tanto que após as manifestações de domingo o caldo azedou entre os próprios aliados e agora a culpa agora é dos sindicatos que não se empenharam o bastante. Mas antes eram os mesmos não? Em Vitória as pesquisas que mostram Lula liderando a corrida eleitoral destoam bastante das imagens da Praça Costa Pereira domingo. E aí?

 

Enquanto isso...

Negociações estão a todo vapor em Brasília para ajustar os palanques estaduais e a definição de quem vai apoiar quem nas disputas. Os mais fortes nas negociações são os partidos ligados ao presidente Bolsonaro diretamente, neste caso o próprio PL, o PP e o Republicanos. São arranjos no tabuleiro e muita gente que está sorrindo pode chorar logo ali na frente, já que a chamada geopolítica é prioridade para as siglas. Então não se espante se alguns atores forem trocados ou até descartados de agora para frente, o que vale é a união em torno do principal projeto, e qual é? A reeleição do presidente Bolsonaro. Candidatos as vagas para Senado, Vice e até Governador devem estar bem atentos se não quiserem ser pegos de surpresa. Já vimos este filme antes não é mesmo Ricardo Ferraço?

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.