Domingo, 16 de Janeiro de 2022
27 99902-4179
Política Bastidores

Não adianta reclamar

Com Hudinho Martins

01/12/2021 12h15 Atualizada há 2 meses
Por: Hudinho Martins Fonte: Diversas
Não adianta reclamar

Tem se tornado uma prática nas redes sociais pessoas reclamando deste ou daquele político, porém antes de toda e qualquer insatisfação é preciso reconhecer que poucos são os casos em que o eleitor pode se sentir realmente enganado. Se existe uma coisa que é farta em períodos de campanha, são informações a respeito dos candidatos, e pra ser bem sincero, são poucas delas falsas ou ataques de adversários raivosos. Sem falar que em casos de figuras reeleitas basta uma rápida olhada no currículo, sua pregressa carreira para decifrar seu comportamento futuro. Sendo assim, ou o eleitor assume sua responsabilidade de fazer melhores escolhas, ou essa ladainha não terá fim.

 

Menos né pessoal

Pertencer a uma base política é do jogo democrático, porém existe um limite entre a independência dos poderes. Mas em Aracruz os vereadores da base do prefeito Dr. Coutinho (Cidadania) estão forçando a barra. Todas os vídeos, todas as falas em sessão, mesmo quando não há nada a dizer, eles fazem questão de agradecer ao prefeito e ao vice Beto Vieira (PP). Até mesmo em conteúdos oriundos de outros poderes ou instituições, a necessidade de demonstrar obediência ao chefe do executivo precisa aparecer nas falas dos parlamentares. Isso os coloca em uma condição de submissão extrema, desvaloriza a luta que muitas das vezes cada parlamentar tem para alcançar suas conquistas. Um pouco mais de altivez e autonomia cairiam bem!

 

Bolsonaro no PL

Em conversa com o ex-senador Magno Malta presidente do Partido Liberal (PL) no ES, ele nos contou o fortalecimento do projeto para um palanque para o presidente Bolsonaro no ES está na pauta constante. A ideia é que Magno seja candidato ao Senado, porém uma candidatura de governador está sendo conversado com bastante cautela. O PP e o Republicanos na esfera nacional deverão ser a base da aliança, tanto que os dois partidos estavam representados no ato de filiação do presidente ao PL ontem (30). Como isso será acomodado aqui no ES, não há definição, mas uma coisa é certa, no PL não tem espaço para o ex-deputado federal Manato e nem sua esposa e deputada federal Drª Soraya. Outro ponto que salta ao olhos, é a situação do PP por aqui, de um lado tem o deputado federal Evair de Melo aliado de Bolsonaro, do outro tem o presidente estadual Marcus Vicente e secretário no governo de Casagrande (PSB) adversário declarado de Bolsonaro. É bom lembrar que Ciro Nogueira é presidente nacional do PP e é ministro da Casa Civil do Palácio do Planalto. E agora?

 

E tome reclamação

Antes das eleições o advogado e então candidato Gil (PSB) em Fundão, falava em uma administração austera, de resultados e eficiente. Parece que a coisa era apenas mais uma das boas e velhas estratégias de marketing, até porque logo ao voltar a cadeira que já havia ocupado no passado, Gil trouxe com ele velhos hábitos e o principal, a falta de diálogo com o legislativo. Vereadores estão desanimados com o formato de relação adotada pelo chefe do executivo, fala-se em quebra de confiança e traição. Sem falar das reclamações em larga escala nas redes sociais principalmente de moradores da orla do Município. Alguns secretários já deixaram seus postos e optaram por não continuar. Sei não em...

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.