Sábado, 25 de Junho de 2022
27 99902-4179
Cultura Conversa

Ser humano desumano

Com Rondilei Paixão

25/05/2022 09h45
Por: Redação O Diário Fonte: Diversas
Ser humano desumano

Há quase 2 mil anos, Jesus disse a seus seguidores, que um dia, “nos tempos finais, a
maldade humana aumentaria e o amor de muitas pessoas esfriaria”. É exatamente o
que vemos nos dias atuais.

Nas últimas décadas, temos observado nitidamente que a crueldade tem dominado as
pessoas, de forma que, cada dia que se passa, o ser humano parece estar mais frio e
intransigente.
Qualquer divergência já é motivo suficiente para fomentar inícios de repentinas
discussões, muitas vezes, culminando em agressões físicas e violentas contra a vida,
de maneira acintosa e impiedosa, como se uma vida não significasse mais nada, como
se não tivesse qualquer valor.

Falando de Brasil, sabemos que a impunidade, oriunda das brechas existentes nas
nossas leis, colaboram para o aumento da criminalidade, o que reflete nessa falta de
empatia e amor à vida, porém, nenhum ser humano nasce ruim, visto que, todo sujeito
nasce repleto de inocência - por mais que a tendência de certas pessoas puxe para o
lado oposto, por diversos fatores (convívio social, familiar, etc.).

A respeito da tese que remete essas pessoas como “vítimas da sociedade”, discordo
completamente. Concordo que à certos sujeitos, faltam-lhes certas oportunidades,
porém, isso não é suficiente para torná-los elementos ruins, sem amor à vida alheia.
Ainda aludindo a fala de Cristo, proferida acerca de 2 milênios, Sua narrativa tem se
cumprido a risca. Basta observarmos os manuscritos sagrados que dizem que nos
últimos dias aconteceriam diversas coisas que atualmente estão acontecendo (e com
maiores freqüência), tais como, grandes divergências entre pais e filhos, nações se
guerreando, e o brusco aumento da ruindade humana. Se estas coisas iriam acontecer
perto do fim, certamente ele está chegando.

2 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.