Sábado, 25 de Junho de 2022
27 99902-4179
Geral Golpe

PF prende em flagrante empregado da Caixa por fraude ao auxilio emergencial

Se condenado, o homem está sujeito a pena de até 12 anos de reclusão e multa

03/06/2022 08h52
Por: Redação O Diário Fonte: PF
Policiais federais cumpriram a tarefa.
Policiais federais cumpriram a tarefa.

A Polícia Federal, a partir de informações do setor de segurança da Caixa Econômica Federal, prendeu em flagrante nesta quinta-feira, 2/06, um empregado do banco pela prática de fraude relacionada ao auxílio emergencial.

Os policiais federais se dirigiram até a agência situada em José Bonifácio/SP e efetuaram a prisão no momento em que o funcionário praticava o crime. O preso foi conduzido à Delegacia de Polícia Federal em São José do Rio Preto.

A fraude consistia na alteração de dados cadastrais dos reais beneficiários para que outras pessoas pudessem receber indevidamente os valores do auxílio emergencial destinado a pais solteiros, cujas parcelas residuais estão sendo pagas em 2022. Dessa forma, os reais beneficiários tiveram os valores subtraídos de suas contas por meio das ações do empregado da Caixa.

Essa ação é fruto da parceria entre a Polícia Federal e a Caixa, resultante de uma união de esforços denominada Estratégia Integrada de Atuação contra as Fraudes ao Auxílio Emergencial (EIAFAE), da qual participam a Polícia Federal, Ministério Público Federal, Ministério da Cidadania, CAIXA, Receita Federal, Controladoria-Geral da União e Tribunal de Contas da União.

Os objetivos da atuação interinstitucional conjunta são a identificação de fraudes massivas e a desarticulação de organizações criminosas, com a responsabilização de seus integrantes, além de recuperar os valores para o erário.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.