Quarta, 08 de Dezembro de 2021
27 99902-4179
Geral Cultura

Circulação de Teatro vai passar por João Neiva

O projeto de circulação “O Rei de Quase Tudo” foi contemplado no edital setorial de teatro/2019 com recursos do Funcultura.

25/11/2021 10h25 Atualizada há 2 semanas
Por: Redação O Diário Fonte: da redação
Apresentação teatral “O Rei de Quase Tudo”
Apresentação teatral “O Rei de Quase Tudo”

O Grupo de Teatro Rerigtiba está realizando a circulação do seu espetáculo “O Rei de Quase Tudo”, que originalmente seria de forma presencial, mas devido a pandemia foi necessário migrar para plataforma digital, evitando aglomerações, ao mesmo tempo que amplia o acesso gratuito a todos sem limitação. Novos tempos exigem novas formas de levar o teatro até o público, e assim o Rerigtiba vem se reinventando para exercer sua arte.

A apresentação do dia 27 de novembro as 17 horas será dedicada ao município de João Neiva com transmissão pelo canal do grupo no Youtube e chat ao vivo onde os artistas da companhia poderão interagir com o público.

Os joão-neivenses   poderão prestigiar o teatro assistindo a transmissão onde dois artistas saltimbancos trazem à cena a história do ambicioso rei que deseja para si uma infinidade de coisas: flores, pássaros, objetos materiais e até o sol e a lua, numa busca incessante pelo que está ao seu redor.

A história do rei que queria ter tudo permite uma reflexão sobre temas extremamente atuais como ambição, poder, consumismo, generosidade e felicidade. E ao refletir sobre esses temas, o espetáculo incentiva a cooperação e a capacidade de compartilhar, tanto bens materiais como sentimentos e amizade.

Sinopse

Dois saltimbancos encenam a história de um Rei com vontade de ser o Rei de Tudo, mas por mais que tivesse bens, terras e até a lua, continuava sendo o Rei de Quase Tudo, porque há certas coisas que jamais poderão pertencer a uma pessoa, mesmo sendo um Rei.

Uma comédia ágil e divertida, com números de mágica, palhaçaria e cenas que dialogam com questões ambientais de preservação, hábitos de consumo e reciclagem.

Equipe: Sara Lyra e Welida Pontes no elenco.

A direção é de Edson Nascimento, produção de Telma Amaral, coreografia de Cleverson Guerrera, sonoplastia de Danilo Curtiss, máscaras do ateliê das máscaras, Cenografia e figurinos do Grupo Rerigtiba, música de abertura criação coletiva do grupo com musicalização de Maria Barros, customização da Bike feita por Mimo Vasco e designer gráfico de Sheila Bressan.

Sobre o Grupo:

Com 28 anos em atividade continua, o Grupo de Teatro Rerigtiba é um dos mais longevos e atuantes grupos de Teatro do Espírito Santo. A companhia formada por artistas profissionais, tem sede na cidade de Anchieta e se dedica à pesquisa da linguagem teatral nas suas diversas formas de expressão estética através de intercâmbio e criação colaborativas.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.