Domingo, 16 de Janeiro de 2022
27 99902-4179
Cidades Detonou

Vereador de Fundão grava vídeo sobre saúde: “Tá uma pouca vergonha"

Antônio Marcos conhecido como Negão do bloco desabafou e cobrou melhorias ao prefeito Gil.

04/12/2021 09h16 Atualizada há 1 mês
Por: Redação O Diário Fonte: da redação
Negão do Bloco
Negão do Bloco

O Município de Fundão vem passando por uma crise no que diz respeito a saúde, desde que assumiu a administração a quase um ano, a nova Gestão não conseguiu encontrar o ponto de equilíbrio em relação as demandas da população.

São diversas reclamações e poucas soluções, o vereador Antônio Marcos (Republicanos), divulgou um vídeo nas redes sociais onde fez duras críticas ao prefeito de Fundão e a Secretaria de Saúde.

No vídeo Negão do Bloco como é chamado, desabafou sobre a falta de atendimento no Posto de Saúde em Praia Grande reduto do vereador, ele comenta que recebeu duas reclamações no mesmo dia sobre a falta de atendimento.

Segundo o vereador uma pessoa de idade, inclusive servidor público da prefeitura teria chegado em busca de atendimento por volta das 13:30 e só conseguiu deixar o local já na noite por volta das 20 horas.

Vocês estão de brincadeira, a secretária Eva entendeu?... e os demais envolvidos... não tem lógica, não tem sentido isso não”.

O vereador ainda cobra providências citando a gerente de saúde de Fundão e outra servidora responsável pela Unidade de Saúde.

“Tá uma pouca vergonha, não tem lógica não, e um descaso... o que estão fazendo é uma covardia”.

Negão do Bloco também reclama da falta de transporte para os pacientes, e diz que ele mesmo precisou levar pessoas para tratamento na Sede do Município.

Gente vamos acordar para a vida e vamos atender oh prefeito” ...

Ele termina com uma cobrança ao chefe do executivo, “Uma das prioridades o Sr. falou que era a saúde, mas não está parecendo não, a saúde infelizmente tem coisa que não dá para aguentar não”.

Procuramos a assessoria da Prefeitura de Fundão para se manifestar sobre os problemas relatados pelo vereador, mas não responderam nosso contato. 

2 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.